terça-feira, 4 de outubro de 2011

ADORO ELE


- Adoro ele. Quando vejo ele dormindo nu em pêlo, tenho vontade de rezar uma missa sobre seu peito.

Jean Genet, in “Nossa Senhora das Flores” (Editora Nova Fronteira, Brasil, 1988)

Jean Genet

Jean Genet (…) nasceu em Paris em 1910. Órfão, foi confiado a uma família de camponeses de Morvan. No correr de sua vida se tornou homossexual, ladrão, mendigo, prostituto, presidiário, e, às vésperas de ser condenada a prisão perpétua, por ter respondido a nove processos criminais, foi salvo por um grupo de intelectuais franceses liderados por Jean Cocteau. Um de seus maiores defensores foi (…) Sartre.

(da badana do livro identificado acima)

3 comentários:

nique disse...

" Dona das divinas tetas /Derrama o leite bom na minha cara/E o leite mau na cara dos caretas...De perto, ninguém é normal"

Rui Costa disse...

isso só me lembra coisas boas...

nique disse...

Adoro²