terça-feira, 25 de outubro de 2011

STEVE JOBS


Era um chato que só pensava em trabalhar, fazer gadgets e ganhar dinheiro. O meu professor de filosofia do 12º ano é bem mais importante, bem como um certo mestre de yoga do Porto, o Rei do Limão (da Lapa, RJ)  e o senhor que faz francesinhas perto do Marquês, e também esta senhora (acho que é uma senhora mas pode ser um senhor, nunca se sabe)


2 comentários:

Pedro Góis Nogueira disse...

Foi no Marquês que comi um das melhores francesinhas da minha vida, e barato, qualquer coisa à volta de 4€. Não fixei o nome do tasco, devia ser da pressa. Estava de passagem e valeu-me o dia :)

Rui Costa disse...

eheh, eu tb não me lembro do nome deste tasco mas sei onde fica. mas agora só em dezembro :(